fbpx

✏️ Confundes um dos teus papéis como sendo a tua vida?

✏️ Confundes um dos teus papéis como sendo a tua vida?

Quantos papéis desempenhas na tua vida?
Nós somos filhos, pais, profissionais, esposas/maridos, namoradas(os), estudantes, amigos, colegas de trabalho, atleta, noivas, etc…
Alguns destes papéis vão sendo desempenhados por nós ao longo da vida…
O que acontece é que todos fazem parte de quem nós somos, mas nenhum dos papéis em particular nos define.
Faz sentido para ti?
Eu explico…

Por exemplo, há mulheres que ao longo da sua vida sonham em ser mães… e quando isso acontece, quase que esquecem de todos os outros papéis e confundem o ser mãe com a sua identidade.
Outras mulheres sonham durante toda a infância em ser noivas… E quando o momento acontece e passa ficam com um vazio na sua vida…
Outras pessoas sonham com casamento e em serem esposas e quando isso acontece, o ser esposa passa a defini-las como pessoas… Antigamente isto acontecia muito…

Nenhum dos papéis que desenvolvemos ao longo da nossa vida são a nossa identidade.
Vamos sempre assumir vários papéis, mas o segredo de uma vida feliz e tranquila é existir uma harmonia entre eles.
Por exemplo, as mulheres que assumem o papel de mães como sendo a sua identidade, quando os filhos crescem ficam sem rumo, sentem-se perdidas…

Ser mãe é algo maravilhoso, mas não nos define.
O que nos define é quem nós escolhemos ser…
Eu por exemplo, quando iniciei a transformação da minha vida e criei o meu plano de vida percebi que cometia o erro de dar demasiada importância a um dos papéis… O papel de profissional…
Nós somos muito mais do que isso.
Nós, todos nós, somo seres incríveis e com o poder excecional…

Infelizmente ninguém nos ensinou a despertá-lo em crianças… Ninguém o ensina nas escolas…
Mas todos temos esse poder.
E quando vamos crescendo, em vez de nos perguntarem quem queremos ser quando formos grandes, referindo-se à nossa profissão… um grande erro…
Deviam ter perguntado quem nós escolheríamos ser enquanto pessoas…

Eu e todos os meus alunos são desafiados constantemente a escolher quem queremos ser…
Eu escolho ser muitas coisas, mas resumindo em duas palavras, eu escolho e decido ser feliz e abundante…
Abundante no amor, na saúde, abundante financeiramente, abundante da felicidade e na alegria, abundante na criatividade e nas conquistas…. Enfim, ser feliz e abundante resumem tudo.
E, quando a vida acontece, quem, eu decido ser ajuda-me a manter o alinhamento no caminho da vida que escolho viver…
Faz sentido para ti?

Recentemente recebi uma chamada de uma pessoa que, não faz parte das minhas turmas, e quando realizou o seu grande sonho de ser mãe, “demitiu-se” de todos os seus outros papéis…
Cuidado com isto…
Ela é feliz hoje? Nem por isso… vive focada na escassez…
E, se nada mudar, dentro de poucos anos vai sentir um grande vazio pois os filhos crescem… Não são nossos, são seres independentes que seguem com a sua vida…
E nós, pais, temos de assumir a nossa identidade e dar o melhor exemplo mostrando como conseguimos viver em harmonia com todos os papéis…

Quantas mulheres chegam a um momento da vida que sentem um vazio porque os filhos crescem?
Não esperes que chegue esse momento, podes ser uma extraordinária mãe (ou pai) e ser uma pessoa com vida para além disso.
Escolhe ser feliz e abundante é dá o melhor exemplo que podes dar aos teus filhos.
Fez sentido?

👉 Espero ter conseguido passar a mensagem.
Resumindo, escolhe ser feliz e abundante em todo o teu ser!

Tem um dia maravilhoso e sê feliz!

🍀 Márcia Melo, a tua mentora
Psicologia, Coaching e Física Quântica (Lei da Atração)

PS – Já fazes parte da minha lista VIP e gratuita do Whatsapp? Aqui tens o link GRATUITO: https://bit.ly/listavip_marciamelo

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.