fbpx

✏️ Há alguma coisa que te faça sentir triste?

✏️ Há alguma coisa que te faça sentir triste?

Que te faça sentir vazia?
Que te faça sentir sem rumo e sem direção?
Sentes-te sozinha mesmo quando estás rodeada de multidão?
Há alguma coisa que te faça sentir que a vida está a passar a voar e tu ainda não voas com ela?
Há alguma coisa que te faça sentir que tu nasceste com uma missão e que ainda não a estás a viver?
Há alguma coisa que queres que seja diferente na tua vida?

Sim?
Então este artigo é para ti.
A todas as perguntas acima eu há pouco mais de três anos responderia SIM a todas elas…
Sim, eu andava triste, profundamente triste…
Apenas o meu marido e os meus três filhos me davam alegria… tudo o resto estava mal…
Sim, eu sentia-me vazia, oca por dentro…
Sim, eu sentia-me perdida sem rumo e sem saber por onde seguir…
Sim, eu sentia-me profundamente só e incompreendida…
Sim, eu via os meus filhos a crescer, a vida a passar e eu estava parada… vivia numa rotina que não era vida… Eu não vivia, apenas sobrevivia…
Sim, eu sentia que tinha nascido com algum propósito, mas não sabia qual era nem como o encontraria…
Sim, eu queria que tudo mudasse, apenas o meu pilar, a minha família nuclear (maridos e 3 filhos) estavam bem…
Eu também sentia tudo isto…
E tu, respondes sim a alguma destas perguntas?

Sabes porque é que te escrevo sobre isto eu?
Recentemente dei uma aula diferente à minha turma da 8ª edição do meu programa CRIA o Teu Plano de Vida (CRIA8).
Convidei as alunas da minha turma de mentoria, a Tribo Cria, a irem partilhar com os alunos da turma do CRIA 8 as suas experiências… e as suas transformações.
As alunas da Tribo foram maravilhosas…
Doaram o seu tempo para inspirarem outras alunas…
Elas já tiveram nesse lugar… e foram partilhar como fizeram e o que já conquistaram…

Foi tão bom…
Fiquei tão feliz…
Fico sempre muito emocionada e profundamente grata por vez as transformações que elas partilham…
Eram lagartixas e hoje são borboletas… Voam…
Uma das frases que ouvi foi: “eu aprendi a viver, antes eu sobrevivia, agora desfruto da vida e VIVO!
Eu não me canso de dizer isto, mas é verdade…
Quando o nosso trabalho é a nossa missão de vida, nós nunca trabalhamos…
Eu sinto verdadeiramente isso….
Sou profundamente grata pela vida e por tudo aquilo que sou, faço e tenho…

Desistir é fácil, nos boicotarmos faz parte da vida que sempre vivemos…
A autossabotagem foi-nos ensinada ainda eramos pequeninos…
A vida acontece e vai sempre acontecer…
Mas é preciso aprender a ter as ferramentas certas para assumirmos o comando da nossa vida em todas as circunstâncias…

👉 Faz sentido para ti?
Deixa o teu comentário.

Tem um dia maravilhoso e sê feliz!

Márcia Melo, a tua mentora
Psicologia, Coaching e Física Quântica (Lei da Atração)

PS – Descobre como acordar todos os dias com motivação, alegria e energia https://psic.marciademelo.com/registodespertaoteupoder

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.