fbpx

✏️ Há decisões que têm de ser tomadas…

✏️ Há decisões que têm de ser tomadas…

Na vida isso acontece… a vida acontece…
Mas quando estamos numa encruzilhada, e temos de tomar uma decisão, por muito difícil que seja, não deve de ser adiada.
Uma partilha muito pessoal…
Um momento desafiante que vivi…

Para além dos meus três filhos, marido e Ruca (nosso cão), desde Janeiro de 2021 que trouxemos a minha avó para viver cá em casa connosco.
Ela estava com uma depressão devido à solidão e apesar dos seus 87 anos, vivia sozinha…
No verão passado a minha avó, teve 4 AVC´s.
Acontece que desde o final do mês de Agosto que a situação da minha avó tem vindo a piorar…
Com os episódios dos AVC´s ela perdeu a autonomia para muitas coisas, assim como a capacidade de comunicar…
Com a demência associada à idade tudo se agravou a um ritmo muito acelerado…
Foi muito desafiante quer para mim quer para o meu marido…

Mas andámos a aguentar e a gerir todos os desafios com calma e serenidade…
Mas chega a uma altura em que não podemos mais…
Num dado momento a minha avó teve um ataque de agressividade com um dos meus filhos…
Como mãe tive de tomar uma decisão difícil…
Também tentou fugir de casa, duas vezes…
Não houve alternativa, senão ter de a colocar num lar.
Foi doloroso, mas era a única solução.

Mas perante tudo isto, aconteceram três coisas “curiosas”.
No dia que tomei a decisão, perguntei, e agora onde encontrar uma vaga num lar?
A primeira ideia que me surgiu agi de imediato e fui ao local…
Como praticamente acontece em quase todos os lares estava sem vagas, mas…
Havia um mas…
Vão mudar para novas instalações e vão ter uma vaga para a minha avó.

Apesar de doente com uma crise aguda de coluna (claro que devida a toda esta tensão), no final de uma reunião desafiante, as duas pessoas que reuniram comigo e não sabiam o que realmente se passava, disseram-me:

Márcia, resolve isso que tens a resolver. Tu dás demasiado a toda a gente e tens de cuidar de ti

Mal terminamos a reunião, o meu telemóvel tocou.
Era a dona do lar a dizer que já tinham feito a mudança e eu podia ir visitar quando quisesse…
Para além das referências muito positivas que tenho dadas por uma pessoa da área da saúde, quando fui visitar o local aconteceu o inesperado.

Nós, eu e o meu marido conhecemos o filho a senhora.
É pai de um amigo do meu filho mais velho.
Eu não acredito em coincidências e sei que esta é a decisão a tomar.
Sei que foi o melhor para ela pois tem 5 senhoras com quem conversar…
Sei também que este é o caminho certo e o universo mostrou-me isso mesmo…

Já sabes, eu baseio o meu trabalho na ciência, mais concretamente na psicologia. Mas a física quântica, que também é ciência, é também uma linha orientadora no trabalho que faço…
Partilho contigo um desafio que estou a superar…
Todos nós temos a vida a acontecer…
Fizemos o melhor que pudemos, mas como mãe, não podia deixar agravar…
São decisões desafiantes que precisamos de tomar e esta foi uma delas.
Tu terás as tuas provavelmente…

👉 Mais ou menos impactantes, as decisões não devem de ser adiadas.
Quando adiamos é uma decisão que tomamos… nada fazer.
Eu decido mesmo que custe…
Tu também o podes fazer.

Faz sentido?
Deixa o teu comentário.

Tem um dia maravilhoso e sê feliz!

🍀 Márcia Melo, a tua mentora
Psicologia, Coaching e Física Quântica (Lei da Atração)

PS – Já fazes parte da minha lista VIP e gratuita do Whatsapp? Aqui tens o link GRATUITO: https://bit.ly/listavip_marciamelo

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.